segunda-feira, 8 de junho de 2009

E as mancadas, brechas e afins continuaram no segundo dia do Congresso Jovem de Sorocaba



E as mancadas no IV Congresso Jovem de Sorocaba continuaram, todos já estavam sabendo que um texto havia sido publicado com os bastidores do evento, e acredito que até tomavam cuidado para não darem mais brechas, mas mesmo assim ainda houveram algumas falas e ações infelizes.

Uma das foi dada quando a mochila com nosso equipamento estourou, e todo nosso material foi parar na mochila da Sofia, justamente uma das citadas no primeiro texto. Por isso não escrevemos o texto naquela mesma noite. A gente pode tardar, mas relatamos os acontecimentos de uma forma totalmente verídica.

Após o fatídico e trágico acontecimento com a nossa mochila, nos deslocamos para o auditório do evento onde ia acontecer uma apresentação musical e uma palestra. Como de praxe ficamos nas primeiras fileiras para tirar as melhores fotos. Estava tudo normal, todos conversando, quando o Frontelle levanta e diz olhando para Camila: “Qual posição você prefere?” (o silêncio constrangedor pairou sobre o ar, e o Biazão ligeiro que só, anotou em seu bloquinho mágico mais um tópico para o nosso magnifico texto de bastidores).

Sofia, (olha seu nome de novo aqui também...assim você vira estrela das nossas pérolas e do nosso blog...rsrs!), depois de querer nadar pelada no rio do parque com a galera, dessa vez a jovem disse que “iria tocar o puteiro” e que isso era normal. Desculpem-nos o palavrão, mas foi ela quem disse, só estamos relatando.

Eric Silva, (pois é, nem um dos autores dos textos escapou), quando na “sala branca”, (que mais parecia aquele quarto do Big Brother), onde ficavam as autoridades do evento, e tinha sempre um lanchinho, claro, Eric derrubou suco e sujou tudo. Aeeeeeeeeee!!!!, parabéns moleque, conseguiu o nome aqui.

Luciano Frontelle, (olha seu nome de novo aqui nos textos dos bastidores), já estava nos chamando de imprensa marrom, sem nem mesmo ter lido nosso texto anterior, (estava com medo e tentando mudar nosso foco). E em uma conversa sobre as bandas que se apresentaram no Congresso, no caso a banda “The Six” e a “Canal 12”, comentamos sobre os números nos nomes das mesmas, e nosso caro amigo Luciano Frontelle disse que havia toda uma “numarologia” envolvida para a escolha dos nomes, isso mesmo, uma “numarologia”. Ele deu a justificativa que era por causa do aparelho que usa, que atrapalha na pronuncia de algumas palavras, (ta bom vai, mas que é difícil ouvir uma dessas do jovem comunicador sorocabano, isso é).

Ainda falando do show da banda Canal 12, quando estavam se apresentando aconteceu uma das melhores do dia, olhando pela lateral do palco, no meio de sua apresentação, o vocalista viu uma menina tomando um baita rola, até então ninguém havia visto, mas ele fez o favor de anunciar em alto bom som para toda plateia, “eu vi, hein”. Obviamente que a galera curiosa olhou, e viu a pobre menina deitada no chão. (Nossa, maior mancada, rachamo o bico essa hora).

Fim de evento, naquele dia, o turno da madrugada dos seguranças já estavam em seus postos, mas duas pessoas se encontravam na entrada do parque, aonde foi realizado o evento, Rafael e Eric, naquele frio, o que fazíamos? Esperávamos Luciano Frontelle, ele disse que um carro nos levaria até o hotel.

Mas o tal do carro já havia ido embora, acho que já estava no estacionamento da prefeitura, e a motorista do mesmo em casa dormindo. Atenciosamente Luciano ligou para uma das organizadoras pedindo caridosamente que levasse os pobres meninos famintos e com frio para o hotel.

Felizmente isso ocorreu, estávamos com muita fome, e resolvemos ir comer em uma lanchonete perto do hotel (que por sinal não tem comida de sexta a noite), quando já nos alimentávamos, toca o telefone, e era nossa querida “Rainha da Floresta” (vulgo, Luciano Frontelle), nos convidando a conhecer Sorocaba, a Camila e Sofia estariam com a gente em algum passeio que até hoje não rolou, mas continuando, a tia de Luciano veio até o hotel nos buscar, e fomos até a famosa, popular e cult, Padaria Real, que tem a melhor coxinha de toda via láctea, onde todos boêmios, celebridades, autoridades e intelectuais sorocabanos se encontram nas madrugadas.

Como de costume brincávamos com as proporções de uma cidade interiorana com nosso caro amigo local, ele se gabava que a madrugada era movimentada em sua cidade, interrompendo o mesmo Rafa faz o comentário: “Verdade, é movimentada, toda a cidade está aqui!” a tia de Luciano que até então estava mais quieta, deu seu pitaco, “Não está toda cidade não...só a metade, o restante está na outra Padaria”. (kkkk... mó dó, até a tia do cara alopra ele e sua grande cidade).

Bom, as outras mancadas que fomos anotando misteriosamente sumiram, não sei se o fato do caderninho ter ficado com a Sofia tem algo haver com isso, só notamos hoje que o bloquinho de anotações faltavam algumas folhas, mas enfim, foi isso que rolou de mais engraça e divertido no segundo dia deste hilariante e inesquecível Congresso Jovem sorocabano.

3 comentários:

Rafael Biazão disse...

Reparem a foto, a Sofia tentando evitar que eu fizesse uma das anotações no bloquinho mágico. Rsrsrs...

Luciano de Sálua disse...

Sai dessa Ileso! Uhul!

Frontelle disse...

Apesar de nao concordar com algumas coisas ficou muito boa a cobertura de voces. Ileso? mas vale lembrar que nosso colega Luciano de Salua ficou apaixonado por uma das tocadoras de trompa da Banda Marcial de Sorocaba!